Oque queres que diga?

Posted by Gustavo P. da Silva on 19:51





Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?
Fernando Pessoa

Pensamento devaneante

Posted by Gustavo P. da Silva on 17:53
Agoniado, triste, enjoado.
Agoniado com a minha calma, com a minha falta de ação, com a minha preguiça.
Triste comigo, pela falta de força para construir o que eu quero, para realizar meu sonho.
Enjoado de viver na mesmice, de só querer, e pouco, ou nada, fazer.
Gustavo P. da Silva

Sua vida é um filme

Posted by Gustavo P. da Silva on 15:39

Esqueça o passado e siga

Posted by Gustavo P. da Silva on 13:06

Tento apagar da memória as lembranças do passado;
Cinzas espalhadas, papéis rasgados e uma bela história de amor jogada no lixo;
E lá se vai mais um capítulo mau sucedido da vida!
Busco agora um lugar para esconder meu coração do medo que dominou meu ser, medo que fez perder várias noites de sono, medo que não consigo controlar, mas que de forma alguma irá impedir que eu esqueça de quem realmente tenho que esquecer.
Vou seguir em frente, escrevendo novos capítulos no meu livro chamado vida;
Pois sei que nos próximos capítulos serei feliz.
Gustavo P. da Silva

(Lamentar uma dor passada, no presente, é criar outra dor e sofrer novamente. William Shakespeare)

Acredite nos seus sonhos

Posted by Gustavo P. da Silva on 06:00

O futuro pertence aqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos.
Nunca desista dos seus sonhos, não importa os problemas que você terá que enfrentar para conquista-lo, lute por ele.
Não escute as pessoas que te desanimam, pois elas são pessoas que nunca acreditaram na beleza dos seus sonhos, e hoje vivem uma vida reprimida e triste por não terem corrido atrás dos seus sonhos.
Viva, erre, aprenda com os erros, faça diferente, escolha os caminhos certos a seguir, lute insaciavelmente.
Tenha sempre esperança no seu coração, nunca a perca de vista, e o futuro irá lhe recompensar com a realização de seus sonhos.
Gustavo P. da Silva